Transição que salva

O Bahia venceu o Jacobina, por 3 a 1, assumindo a liderança do Campeonato Baiano

Enquanto a equipe profissional do Bahia vive um inferno astral, o grupo de transição vive um momento oposto aos marmanjos. O Bahia sub-23 venceu o Jacobina na tarde deste domingo (9), por 3 a 1, assumindo a liderança do Campeonato Baiano momentaneamente. O Esquadrão abriu a quinta rodada e tem um jogo a menos que o antigo líder Atlético de Alagoinhas.

O confronto foi no estádio José Rocha, em Jacobina, com casa cheia. O Tricolor e o Jegue da Chapada travaram um duelo aberto, mas o árbitro da partida, Irinaldo Jorge dos Santos, roubou a cena. Ainda no primeiro tempo, o juizão marcou um pênalti inexistente a favor dos donos da casa, aos 17 minutos do primeiro tempo. Dionísio cobrou e fez 1×0.

Na segunda etapa, mais um erro de arbitragem, desta vez a favor do Bahia. O zagueiro do Jacobina tirou a bola com o ombro dentro da área, mas o juiz compensou o erro do primeiro tempo. Assinalou pênalti, aos 22 minutos da etapa final. Ramon marcou e igualou o duelo. Depois do empate, o Bahia ditou o jogo. Saldanha, aos 29, virou o duelo. Régis fechou o caixão e deixou o Tricolor na ponta da tabela.

O Jacobina, ainda sem vencer, permanece na lanterna, com apenas um pontinho.

Foto: EC Bahia / Divulgação

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*