Que crise?

Bahia vence o Nacional do Paraguai, por 3 a 0, pela Sul-Americana

Este é o Bahia que a torcida quer. Aquele que sufoca o adversário com um ataque quase sempre fatal, mostrando quem é que manda na Arena Fonte Nova. Se o torcedor tricolor ainda está chateado, no mínimo saiu com um sorriso no canto da boca no duelo entre o Esquadrão e o Nacional do Paraguai. O time baiano venceu com louvor, sem surpresas: 3 a 0.

O jogo começou com surpresas. O goleiro Douglas, após recentes falhas, foi descansar no banco de reservas, dando lugar a Anderson. Com um esquema ofensivo, o Bahia conseguiu criar, apesar de ver o adversário também arriscar alguns chutes a gol. O primeiro gol saiu aos 39 minutos, com Gilberto, após passe de Rossi.

O Esquadrão ampliou ainda na primeira etapa, dois minutos depois do primeiro gol. Gregore bateu de fora da área e fez um golaço. Na segunda etapa, com um placar mais seguro, o Bahia não deixou o Nacional jogar. Élber, aos quatro minutos, ampliou e expulsou qualquer pretensão de crise no Tricolor.

O próximo confronto com o Nacional será na quarta-feira de cinzas, no Paraguai.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*