Futebol de luto

Morre, aos 63 anos, o técnico Vadão

Ex-técnico de Vitória e Bahia, Vadão morreu na tarde desta segunda-feira (25), vítima de um câncer no fígado. Oswaldo Alvarez tinha 63 anos e descobriu a doença no início do ano. Ele estava internado há quase duas semanas e não resistiu.

Com fama de paizão e sempre sereno, Vadão iniciou sua carreira como atleta, mas nada que chamasse atenção. Entretanto, como técnico fez história. Revelou atletas como Rivaldo e Valber, além de lançar o até então jovem Kaká. Comandou grandes clubes como Guarani, Atlético Paranaense, Corinthians, São Paulo, Ponte Preta, Goiás, Sport, além de nossa dupla Ba-Vi. Seu último trabalho foi em 2019, comandando a Seleção Brasileira Feminina na Copa do Mundo.

Em solo baiano, treinou o Bahia em 2004, durante toda temporada. No Vitória, entrou no decorrer do ano de 2007, mas fez parte do time que conseguiu o acesso à Série, com atletas como Joãozinho, Jackson, Vanderson, e Apodi.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*