Embala, Bahia!

Esquadrão visita o CSA, em Maceió, buscando a ponta do Nordestão

O Bahia ainda não conseguiu passar a segunda marcha na Copa do Nordeste 2020. Quando acha que vai embalar, acontece um empate amargo, como ocorreu na última rodada, contra o Ceará, onde o Tricolor cedeu o empate nos acréscimos. Nesta quarta-feira pré-carnaval o Esquadrão tem a chance de colar nos líderes, no confronto diante do CSA, às 19h30, no Rei Pelé.

Com cinco pontos, o representante baiano pode igualar a pontuação do líder Fortaleza, ambos do Grupo A. Se vencer, claro… “É uma faca de dois gumes. Você sabe que eles (CSA) não venceram e querem vencer. Vão jogar em casa. A gente sabe que também precisa vencer para buscar o Fortaleza, primeiro colocado do nosso grupo. A gente vai ser cobrado todo jogo. Agora é a quinta partida desse elenco. Vamos entrar na sexta agora. Está melhorando, sim. Tem que melhorar cada dia mais, e a cobrança vai existir. Quem joga em time grande é assim mesmo. A gente tem que aceitar e, se Deus quiser, fazer um grande jogo lá em Maceió e voltar com o triunfo”, disse Anderson, atual titular no gol azul, vermelho e branco.

Para o goleiro, que recentemente assumiu a titularidade de Douglas, trata com tranquilidade a nova responsabilidade. ” Tranquilo. Venho trabalhando. Vocês acompanham a gente aqui todo dia. É sofrido, goleiro trabalha bastante. Dar sequência ao meu trabalho. Se Deus quiser, respeitando sempre o Douglas, meu companheiro, que é um amigão meu. Ter tranquilidade. Buscar devagar seu espaço; devagarzinho, respeitando os companheiros. Sempre com um propósito maior, que é a instituição. O Bahia é maior que a gente”, completa.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*