Double Lion

Vitória entra em campo quase ao mesmo tempo, pelo Nordestão e Campeonato Baiano

Domingão de bumbum na arquibancada e ouvido no radinho. O torcedor rubro-negro, se pudesse, poderia até estar em dois lugares ao mesmo tempo, mas a física ainda não permitiu isto. Mesmo assim, o Vitória entra em campo quase ao mesmo tempo. No Barradão, às 15h30, o Leão de Geninho recebe o River-PI, pela Copa do Nordeste. Meia hora depois, em Riachão do Jacuípe, o Vitória de Agnaldo Liz enfrenta a Jacuipense, pelo Baianão.

No Manoel Barradas, pode ser o último jogo com portões abertos, pelo menos até o surto do Coronavírus deixar de ser uma ameaça no país. A prefeitura de Salvador proibiu eventos com mais de 500 pessoas, a partir desta segunda-feira (16). O clube inclusive solicitou o adiamento do duelo diante do Ceará, marcado para a próxima quarta-feira (18), pela Copa do Brasil, para evitar o prejuízo de jogar com portões fechados.

Pelo Nordestão, o time de Geninho pode garantir vaga na próxima fase neste domingo. Para isto, além do triunfo, é preciso torcer para uma sequência de tropeços dos concorrentes. Para o embate, o Leão não conta com Vico, expulso, além do goleiro Ronaldo e Maurício Ramos, machucados.

Pelo Baianão, o Leão enfrenta outro felino de juba, mas do Sisal. Para Agnaldo Liz, ter dois Vitórias jogando ao mesmo tempo é uma situação peculiar na sua carreira. “É Inédito, diferente. O próprio rival teve dois jogos, um após o outro. Agora são quase no mesmo horário. Como se dividir? O torcedor consegue. Quem quer assistir coloca duas TV’s, vai ver”, disse o treinador.

Para a Jacupa, um triunfo diante do Vitória significa o retorno ao G-4. Assegurando os três pontos, a Jacuipense assume a segunda colocação isolada, com 12 pontos, um a mais que o Bahia de Feira, atualmente em segundo.

Foto: Letícia Martins / ECVitória

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*