Doce recuperação

Juazeirense faz 2 gols, mas Doce Mel se recupera e empata a partida

Seguindo o script do Baianão, Juazeirense e Doce Mel empataram nesta quarta-feira (5), por 2 a 2, em Juazeiro, pela partida complementar da quarta rodada do Campeonato Baiano. Porém, não se pode negar que a igualdade desta vez foi emocionante, principalmente para a Doce Mel, que perdia o duelo por 2 a 0, mas conseguiu se recuperar no fim.

O vazio Adauto Moraes viu um jogo aberto, sem medo de atacar. A Juazeirense era melhor e chegou ao primeiro gol aos 22 minutos do primeiro tempo, com Júnior Gaúcho, de cabeça. O Doce Mel chegou a acertar a trave, mas a etapa inicial terminou com o Cancão na frente.

Na segunda etapa, a Juazeirense ampliou logo no início, aos 6 minutos, com Jeam. Com o segundo gol, o Cancão relaxou. Relaxou até demais. A Doce Mel cresceu no jogo e mostrou força no ataque, principalmente com Maurício, que marcou os dois gols do time de Ipiaú. O primeiro foi um golaço, aos 19 minutos, igualando aos 39.

“Recuamos muito. Deixamos eles jogarem, abdicamos do ataque. Faltou a malandragem para catimbar o jogo, parar as jogadas. Temos um time rodado, mas faltou a experiência falar mais alto. Começamos até bem no primeiro tempo, mas faltou alguém pra segurar a bola. O time que está comemorando ali do outro lado do campo tem só dois pontos. Nós temos quatro. Precisamos vencer, só comemoramos a vitória”, provocou o técnico interino da Juazeirense, Luis Carlos.

Já o técnico da Doce Mel preferiu elogiar a equipe. “Não jogamos o primeiro tempo e pecamos na bola parada. Tive que mudar no segundo tempo. Nosso time não faz cera, corre para triunfar. Somos guerreiros, se teve um time que mereceu a vitória foi o nosso. Agora é rezarmos, pelo amor de Deus, precisamos jogar em Ipiaú! Continuamos na luta pela permanência”, disse o técnico da Doce Mel, Luiz Carlos Cruz.

A Doce Mel segue em penúltimo, com dois pontos. A Juazeirense somou quatro pontinhos e está em sétimo.

Foto: Juazeirense / divulgação

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*